sábado, 3 de junho de 2017

Lei do Drama

Lei do Drama

Criado durante a ultima metade do séc XIX por Ferdinand Brunetière

A ação é o desejo de um individuo (protagonista), confrontado por uma força poderosa, que pode ser de outro homem, da sociedade, ou do próprio homem (antagonista).

Historia resumida do Máschara

Grupo Máschara

Fundado em 13 de Janeiro de 1992 por Giane Ries e Dulce Jorge, sob produção de Jorge e Dione Silva, o grupo montou na década de 90 sete espetáculos, dentre eles Bulunga, o Rei Azul; com músicas de Leonardo Diaz Morales. Destacaram-se nesses primeiros anos os atores: Ariane Pedrotti, Diulio Penna, Diva Soares, Marcele Franco, Nádia Régia, Vera Porto que mais tarde ficou conhecida como a Bruxa da hora do conto; além de  Alexandre Dill e Simone De Dordi que prosseguiram sua carreira artística na capital. Em 1996 Cléber Lorenzoni veio somar-se à direção da Cia, e na década seguinte dirigiu 13 espetáculos, dentre eles O Incidente e Esconderijos do Tempo que homenagearam respectivamente Erico Verissimo e Mario Quintana, conquistando o Troféu Cultura Gaúcha e quatro vezes o Troféu de Melhor Espetáculo pela Federação de Teatro Gaúcho. Em parcerias com o Detran, no projeto Trânsito em Cena e mais tarde com o SESC em feiras de livros, os teatreiros ficaram conhecidos por levar teatro à cidades que anteriormente não tinham contato com essa arte.  Destancaram-se nessa época Kelem Padilha, Lauanda Varone, Miriam Kempfer, Tatiana e Gelton Quadros, Em 2005 O Máschara criou o Cena às 7, programa de teatro aos domingos aproximando a comunidade às Arte Cênicas ainda mais. O grupo ainda participou de vários acontecimentos do município: Coxilha Nativista, FENATRIGO, Natal Luz, e comissão de frente de três agremiações carnavalescas. Em 2008 o Bic Banco apoiou os atores de Cruz Alta, divulgando o Máschara em outras partes do país, destacando-se aí Ricardo Fenner, Gabriel Wink e Angélica Ertel. Atualmente o Máschara reside no antigo prédio da Unicruz centro, onde oferece aulas de teatro na ESMATE- Espaço Máschara de Teatro, uma escola para trabalhar o teatro como fonte de pesquisa e descoberta de talentos em Cruz Alta e região. O espetáculo de maior sucesso atualmente é Olhai os Lirios do Campo que  homenageia mais uma vez Erico Verissimo. Destacam-se aí Alessandra Souza, Renato Casagrande, Evaldo Goulart e Fernanda Peres. O Máschara continua presente também nas ruas de Cruz Alta com o projeto Corpo em Ação, que aproxima os cruz-altenses dos atores todos os ´sábados pela manhã e conta com  a participação dos bailarinos e atores Douglas Maldaner e Raquel Prates.  Ao completar vinte e cinco anos, a companhia presenteou o município com a encenação da Paixão de Cristo que atraiu mais de três mil pessoas, e reuniu no palco atores e voluntários, lançando aí um evento de tradição para a fé e o turismo da região. O Grupo Máschara sem duvida é um dos maiores bens artísticos dessa comunidade pois é formado por talentosos atores que permanecem lutando em prol da arte.


A chantagem - Cena curta - ESMATE



Pers 1- (ansioso, como se a espera de alguém) -Finalmente, disseram que querias falar comigo.
Pers 2- (fingindo surpresa) - Isto mesmo. Tomei conhecimento que sua excelência tem visitado a taverna...
Pers 1- (irritando-se) - Isso não é de sua conta, aliás nada que se passa em minha vida é de sua conta!
Pers 2- (sarcasmo) - Da minha, de certo que não, contudo, tenho certeza que sua senhoria adoraria saber o que o senhor faz a noite enquanto todos no palácio dormem...
Pers 1- (num crescendo) - Ora, agora estou entendendo, estás tentando me chantagear...
Pers 2- (Pretensiosa) - Entendas como quiser... O fato é que estou a passar por necessidades, e o senhor é um homem que não passa necessidades, a ver por suas roupas, sua carruagem... (tom) Tenho certeza que podes ser um pouco generoso, dividindo um pouco do que há em sua bolsa comigo...
Pers 1-(Irado) -Como ousas me chantagear. (debochando)Sua pretensão é muito maior do que eu imaginava, na verdade eu te subestimei...
Pers 2- Na verdade é bom ires se acostumando comigo... Pois sou uma pessoa muito atenta...
Pers 1- Escute aqui... (agarrando a outra pelo pescoço em um gesto rápido) Não vou te dar um único centavo, e mais...
Pers 2- (gemendo coisas incompreensíveis)
Pers 1- ...se tentares te intrometer novamente em minha vida, eu acabo contigo, e ninguém mais vai ouvir falar no seu nome, ninguém mais vai lembrar que em algum dia a sua carne pútrefa pisou na face da terra! (soltando a mulher) Passar bem...
Pers 2- (Em desespero contido) Ai meu Deus, que homem é esse? Que criatura demoníaca é essa?


                     Cléber Lorenzoni