terça-feira, 23 de maio de 2017

Cena Esmate B - Encenação 1

Eu quero ser criança

-Cena 1



Crianças brincam na boca de cena... Canção de roda sentados...
Entra pai pela direita do palco e avança sobre as crianças. Elas amedrontam-se.
Weslei -Que tão fazendo aí? Vão já pra rua...
Pituto-A gente ta brincando...
Weslei-Cala a boca, eu vou dormir, não quero barulho nessa casa... Vão arrumar dinheiro pra casa!
Pituto-Vai, vai, corre, antes que ele bata na gente...
Weslei -Onde você pensa que vai?
Laura-Me solta...
Weslei-Vem comigo!

Cena 2-
Kauane entra sorridente e um pouco impaciente tentando falar com seu pai, ele fala ao telefone
Kau – Pai fala comigo
Ricardo-Espera filha...
Kau- Não pai, hoje o senhor tem que brincar comigo...
Ricardo- Eu estou no telefone
Kau-Mas pai você prometeu...
Ricardo – Sim sim, eu vou nessa reunião. Fica quieta Kau o pai está no telefone... Olha sua mãe ali...
Raquel entrando na cena pintando as unhas...
Kau- Mãe, mãe... vem comigo...
Raquel- Menina fica quieta... a mãe está ocupada...
Kau- Mas mãe, eu quero muito,...
Raquel –Minina paaara! Olha o que você fez com meu esmalte. Está de castigo!
Pais se cruzam, dão um beijinho bem robótico e saem de cena; Gabriel entra brincando de carrinho
Gabriel-Que aconteceu Kau
Kau-Ah, ninguém me da atenção nessa casa...
Gabriel-Eu dou...                                                                                                     
Kau-Ah eu sei, mas to falando do papai e da mamãe...
Gabriel- Eles vivem ocupados, também nunca falam comigo...Não olham nem meus cadernos... Mas para de chorar, vamos brincar nós dois?
Gabriel e Kau saem brincando


-Cena 3
Entra Isa (modelo famosa) olhando vitrines
Douglas aparece lendo jornal e para a um canto do palco
Pitutinho – eu quero ir pra casa
Pituto- fica quieto... A gente precisa de dinheiro, senão a gente apanha... Olha la, olha lá.. Vai, vai!
Pitutinho- Tia da um troquinho...
Isa- Ai não tenho dinheiro, vai pra la vai sujinho...
Menino percebe a presença de Douglas.
Pituto-Olha ali... (ambos cochicham)
Menino pequeno se aproxima.
Pitutinho- Tio, tio, tio, olha tio...
Menino maior aproxima-se por traz enquanto estabelece-se uma pequena confusão.
Douglas- Ei, o que é isso, vai pra la guri!
Isa- Um assalto! (modelo sai de cena)
Pituto- Perdeu plaiboy
Douglas corre para fora de cena atrás de meninos...


Cena 4

Renato entra de dentro da cena falando alto com menina
Renna-Limpa logo essa sala que eu to cansada!
Laura-Mas eu já limpei,
Renna-Limpou nada, menina respondona. Olha esse chão sujo como a sua cara...
Laura-Mas lugar de criança é na escola...
Renna-Você já está adulta, eu na tua idade já era dona de casa...
Entram correndo os Pitutos
-Renna-E vocês, sujando toda a casa
Pitutinho-Desuclpe mãe
Renna-Trouxeram a grana?
Pituto-Sim, mas só conseguimos isso
Renna-Mentiroso, tem mais... malandros. Já lavar aquela roupa juja e vc... trata de passar uma vassoura na cozinha.
Pitutinho-Mãe eu queria brincar
Renna-Cala a boca, já falei...
Weslei-Que gritaria é essa?!
Renna-São os pia...
Weslei-Essa menina tem que limpar meu quarto!
Renna-Já te disse pra deixar minha filha em paz...
Weslei-To educando!
Renna-Tu não é pai dela, deixa que eu educo...
Weslei-E a grana do cigarro?
Renna-Só deu isso, agora vem, vamos la no boteco que eu penduro...
Entram Gabriel e Kau brincando
Kau-Ei venham brincar com a gente
Pitutinhoi-Não posso tenho que limpar a casa.
Kau-Lugar de criança é brincando...
Pitutinho-Ei posso chamar meu irmão também?
Kau-Claro, vamos todos brincar...
Gabriel-E a sua irmã também. Vem!
Laura- -Não psso tenho que limpar...

Kau-Larga isso, teu único trabalho tem que ser o estudo!



Por Cléber Lorenzoni

Cena encenação 1 - Esmate - A joia Perdida

A joia perdida
Cândida – Maria Antônia        Aurora – Luiza         Zélaz – Alessandra       Z éluz – Stalin
Zélão – Felipe       Policial – Laura
Em um lixão tranquilo se encontra Zelaz e zéluz sentados confortavelmente, com uma garrafa de cachaça mexendo com quem passa pela rua.


Zelaz: Ma olha que homi feioso, que que ta oiando, maaaa me da um dinheiro que eu digo que tu é bunito kkkkkk. Por grana fazemo qualquer coisa né zéluz...
Zéluz: Ma não é amor ! oia oia oia que coisa mas linda que ta passando!
Zelaz: Para de oia zeluz para para para... Tu que se um omi morto?
Zeluz: Tu não me ameaça muie, eu olho pra ondi eu quis é e vai procura comida pra eu come!
Zelaz: Eu não vou a lugar nunhum o Zelão ta procurandu pra nóis... Zelão, zelão zelão (entra Zelão)
Zelão: OOOOOOOia mãe, oooooooia pai o que eu achei é muito bunito...
Zélaz: Mas que boniteza eu vo fica tão bunita com ele...
Zeluz: Que nada muie, vamu vende praa pode come...
Zélaz: Não agora é meu
(Os dois começam  a discutir, até que Zelão pega o colar e sai correndo, os dois continuam a discutir até que entram duas mulheres e começam a revirar o lixo)
Cândida: Aquela empregada incompetente jogou meu colar no lixo, e me disseram que veio parar  aqui, que lugar nojento!
Aurora: você tem certeza de que quer continuar procurando aqui? O cheiro é horrível!
Cândida: Ma é claro que tenho, além de ser caríssimo é herança de família.
( continuam procurando , quando de repente entra Zelão usando o colar, elas enxergam e seguram a criança)
Zéluz: Larguem o meu fio agora...
Candida: Eu só quero o meu colar
Zelaz: Nada disso agora o colar é nosso.
Aurora; Mas isso é roubo...
Zéluz e Zelaz: Achado não é roubado quem perdeu é relaxado
Candida e Aurora: Pega ladrão
(Enquanto as mulheres gritam a familia corre em volta delas jogando o colar um para o outro, fazendo s duas de bobas. Entra uma policial)
Policial: O que está acontecendo aqui?
Candida: (chorando) Eles acharam o meu colar e não querem devolver...
Policial: achado não é roubado quem perdeu é relaxado!
Candida e Aurora: Nããããoooo!

Policial: E vocês vão ser presas por perturbação da ordem! Vamos!


Por Alessandra SOuza