sexta-feira, 19 de outubro de 2012

Os Saltimbancos Veranópolis III e IV

               Um espetáculo em cena é reflexo do trabalho em bastidor, do ensaio, da equipe técnica. O Grupo Máschara foi perfeito durante anos, sem máculas, e não pode agora relaxar tanto. Respeito por sua direção, exímio trabalho em cena, dedicação ao público... Os Saltimbancos apresentado nessa quinta-feira em dois horários foi contundente. A primeira inserção foi interessante, capaz, elogiável, mas foi sem sombra de dúvidas a despedida de Veranópolis que cumpriu sua função máxima. Gabriel Wink esteve bem em ambas, mas ainda precisa largar o microfone de mão quando for apenas dublar as musicas, para que possa dedicar-se melhor ao trabalho corporal. Precisa seguir as marcas coreográficas para que não atrapalha os colegas na cena. Na segunda apresentação da manhã, Gabriel Wink enfrentou uma platéia de adolescentes e conseguiu guiar o restante do elenco dando tudo de si. Alessandra Souza esteve brilhante com sua galinha, mostrando que se dá muito bem com personagens atrapalhados propositalmente. No entanto seu figurino deve ser mais asseado, obrigação da camareira da equipe e TAMBÉM da atriz. Cléber Lorenzoni esteve totalmente intenso na primeira, no que diz respeito ao corpo, na segunda criou mil cacos interessantes para dar um toque de malicia nas cenas e deixá-la com jeito de espetáculo menos infantil. 
               Renato Casagrande voltou as antigas, e jogou muito bem com o restante do elenco, o que há dias não víamos. Tanto o interprete do Cachorro quanto a da Galinha mostraram ter ótima potência de voz, mesmo sem microfones conseguiam alcançar ótimas impostações com seus falsetes.Os tapames do cenário poderiam ser melhor firmados no carrinho, e a equipe técnica deveria exercer sua função durante o espetáculo. Afinal o propósito da viagem era o trabalho e não o passeio. O espetáculo foi cortado, mas o elenco solucionou muito bem levando ao público apenas o importante. Embora algumas pessoas tenham perdido o profissionalismo, o Máschara continuará por muito tempo sendo o grupo maravilhoso que sempre foi.

Alessandra Souza (**)(***)
Renato Casagrande (**)(***)
Gabriel Wink (**)(***)
Cléber Lorenzoni (*)(***)
Gabriela Oliveira (**)(**)
Luis Fernando Lara (***)(*)
Fernanda Peres (**)(*)


                              Atores, fazedores da arte, justos, compreendem o que acontece a sua volta e consigo.