domingo, 20 de agosto de 2017

A pequena Jacy

                                                                            Cena IV
Carolina - Sandra e Raquel
Coronel - Stanley , Douglas e Renato
Jacy - Vitoria

Carolina- Bom dia Coronel
Coronel: Bom dia Carolina...
Carolina: Quer que sirva o café?
Coronel: Não não, vou sair mais cedo hoje. Jacy está de pé?
Carolina: Está sim, mas ainda não bebeu o desjejum
Coronel:Pois vá chamá-la vamos sair cedo para colher macelas...
Carolina: Não é muito cedo patrão?
Coronel: Não Carolina, ela é minha unica herdeira, precisa desde muito cedo aprender a cuidar da estancia, conhecer os campos...
JAcy: Bom dia senhor meu pai
Coronel: Bom dia minha vida! Quer sair para cavalgar com o pai?
Jacy: quero muito papai
Carolina: Jacy coloca um casaco se vai sair tão cedo
Coronel: Até mais tarde Carolina.
(a cozinheira segue os dois até a coxia, olha com carinho e então sendo uma perto no peito)
Carolina: Jacy!!!

Dois brilhantes atores

Irmã Isolda: ...E o pior doutor, é que ela sabe que vai morrer...
Doutor Seixas: Ligue para o sogro dele em Santa Margarida, diga que é urgente, talvez ele consiga chegar há tempo!

Da peça Lendas da mui leal cidade

Entremezzo II

Todos: Cantando merceditas e rindo
Eduarda Loira:Chica, tu ainda estás solteira?
Luana: Sim, claro, mas é por que eu não encontrei ninguém que mereça meu coração...
Todos: risos
Shay: Pois eu estou noiva!
Gabriela Dal Ross: Mas o meu é o mais guapo!
Todos: Risos!
Gabriela Dol Ross: O mais guapo e o mais homem!
Todos: Hummmmm?
Lavínia: E o que tu entendes de homem?
Maria Antonia: Ei, cade a Lívia?
Luísa: Lá está ela! Mas parece triste...
Luana: Ela está assim, por que entende muito bem de homem!
Lavínia: Não as escute prima! (à Lívia) Suas bobas...
Todos: Risos
Clara: Deixem a Lívia em paz!
Lavínia: Como vocês são maldosas...
ShaY: Uma coisa eu digo para todas! Se quiserem arrumar maridos, deem de beber dessa água aos homens...
Maria Antonia: Por que? a água é milagrosa é?
Luísa: É água benta?
Shay: A água é enfeitiçada... Por que brota no solo onde a índia foi queimada... 
Maria Antonia: Conta mais, conta mais...
Clara: Fica quieta, tu ainda és muito guria.
Shay: Ouçam, quando os tropeiros passam por aqui, deem água para eles, eles acabam sempre voltando para cá, para os braços da índia...
Lavínia: Tem certeza que isso da certo Anita?
Shay: Pois entonces não foi assim que me casei?
(uivos fortes ao longe)
Shay: É a fera!
Luana: Vamos embora está escurecendo.
Todos: Murmúrios...