terça-feira, 13 de setembro de 2016

Historia do Máschara



1992
-Giane Ries promove oficina na Adágio Academia, logo depois os participantes decidem criar um grupo. Entre eles Nádia Régia, Vera Porto, Dulce Jorge, Dudu Gonçalves, Jederson Dill;
-O Grupo participa da 3ª Edição do Arte Viva e das comemorações alusivas ao aniversário do município.
-Os Sombras participa da 12 ª Coxilha Nativista.
-O Grupo participa do Suíte Cruzaltense, por ocasião da FENATRIGO e da Noite do Folclore com as performances BIBIANA DO PORTO e OS SOMBRAS.
-Em agosto estreia a Sketh Doce Quente da dor de barriga na gente.

1993

-Estreia do espetáculo Um Dia a Casa Cai na Casa de Cultura Justino Martins com direção de Giane Ries. O grupo apresenta-se na Escola Annes Dias pela primeira vez e participa da mostra de teatro amador no Teatro Renascença em Porto Alegre.
-O Máschara participa com Um dia a Casa Cai do Festival de teatro Amador na cidade de Julio de Castilhos, é o primeiro festival que participa. Onde Dulce Jorge ganha seu primeiro troféu de atriz.
-O Grupo faz parte da criação da ARTAJ, Associação dos grupos do Alto Jacuí.

1994

-Estreia o espetáculo A Bruxinha que era boa com direção de Luciane Lopez e Giane Ries.
-O Grupo participa do Iº FERTAI Festival de teatro de Ibirubá, com a peça Um dia A Casa Cai.

1995

-O Máschara monta o espetáculo Cordélia Brasil com direção de Cesar Dors, no elenco Dulce Jorge, Gederson Dill, Eduardo Gonçalvez, e ainda Altiva Soares. A parte técnica fica a cargo de Janaíne Peroti.
1996

-Cléber Lorenzoni  e Diwlio Penna estreiam no espetáculo Cordélia Brasil nos papéis de Rico e Leônidas respectivamente.
-Cordélia Brasil participa e vence o 4º FERTAI, dando ainda a Dulce Jorge o troféu de MELHOR DIREÇÃO e o de MELHOR ATRIZ.
-Estreia Bulunga o Rei Azul, de PEDRO BLOCH com Diulio Penna e Zenaide Perez nos papéis principais, músicas de LEONARDO DIAZ MORALLES e direção de Dulce Jorge.

1997


-O Máschara participa do 5º FERTAI, Dulce Jorge, Diulio Penna e Cléber Lorenzoni recebem troféus por interpretação.
-Ingressam no Máschara, Fernanda Garrido e Marcele Franco.
-O máschara participa do Festival nacional de Novo Hamburgo com o espetáculo Bulunga o Rei Azul.
-Simoni De Dordi passa a integrar o elenco da Cia.
-Dulce Jorge ministra uma oficina no Galpão Crioulo da Brigada Militar, na oficina: Marcele Franco, Simone De Dordi, Alexandre Dill, Maria Amélia Ferraz, Ariane Pedrotti, Fernanda Garrido e Filipe De Dordi.
1998

-O diretor de teatro HELQUER PAEZ, é contratado para montar o espetáculo Dorotéia de Nelson Rodriguez. No elenco Dulce Jorge no papel tema.
-Dorotéia estréia no 6º FERTAI com Cléber Lorenzoni, Alexandre Dill e Ariane Pedrotti nos papéis das três irmãs castradoras.Cléber Lorenzoni traz para casa o papel de melhor ator coadjuvante.
-A atriz Ariane Pedrotti substitui a atriz  Vera Porto  que se afasta do espetáculo Dorotéia.
-Bulunga o Rei Azul participa do Festival nacional de Novo Hamburgo, na coral do espetáculo Simone Sattes e Marcão.

1999

-Cléber lorenzoni inicia sua caminhada de diretor auxiliando Dulce Jorge na direção de O Conto da Carrocinha. No elenco Cléber Lorenzoni, Simone De Dordi, Alexandre Dill, Ariane Pedrotti, Marcele Franco, Matheus dos Santos e Úrsula Macke.
-O Grupo participa de um projeto da Secretaria de cultura levando apresentações e performances aos colégios municipais. A performance mais apresentada é a “Contação de Historia”.
-O Grupo participa dos festivais de Santiago, Uruguaiana, e Ibirubá.
-Integrantes do Máschara interagem nas ruas com a performance Os Sombras.

2000

-Em Maio o Máschara estreia Antígona de SÓFOCLES sob direção de Cléber Lorenzoni, no elenco Dulce Jorge no papel título.
-O Máschara participa dos festivais de Rolante, Santiago, Ibirubá, Rosário do Sul, Caçapava e Caxias do Sul, trazendo nesse último os troféus de MELHOR ATRIZ para Ariane Pedrotti, e MELHOR DIRETOR para Cléber Lorenzoni.
-Antígona recebe da FETARGS o troféu de melhor espetáculo de teatro amador Gaúcho.

2001

-Em parceria com o SESC de Cruz Alta, o grupo organiza o 1º Festival de teatro de Cruz Alta.
-Fábio Novello, ator IBIRUBENSE é convidado para o papel de VALÉRIO no espetáculo Tartufo.
-Antígona faz temporada no TEATRO SÃO CARLOS em Caxias do Sul, na técnica, Diego Barcellos e Fábio Novello.
-Ricardo Fenner e Lauanda Varone ingressam no Máschara, após oficina.
-Estreia em Maio no FERTAI, o espetáculo Tartufo de MOLIÈRE, com direção de Cléber Lorenzoni, tendo no elenco Simone De Dordi e Alexandre Dill.
-DiegoBarcellos se afasta do Máschara, Fabio Novello aceitareviver Valério em Tartufo.


2002

-Em parceria com o SESC de Cruz Alta, o grupo organiza o 2º Festival de teatro de Cruz Alta com participações dos grupos de Santa Maria e Caxias do SUl.
-O Máschara é selecionado para participar de um projeto do DETRAN com outros três grupos do interior do estado. O texto é O Feriadão de HÉRCULES GRECCO vencedor de um concurso de dramaturgia sobre o trânsito seguro.
-O Máschara participa do Circuito Gaúcho de teatro na cidade de Ijuí, com o espetáculo Tartufo, no elenco Leonardo Mattos.
-O Máschara é convidado a participar do lançamento do XIVº FESIVAL DA FETARGS no SESC da Alberto Bins em Porto Alegre com o espetáculo Tartufo.
-O Máschara faz seleção entrando no grupo os atores Jorge Pittan, Monique Vogue, Luis Fernando Lara, Augusto Baugratz, e Ana Paula.
-O Jornalista PAULO PINTO homenageia o Máschara pelo seu trabalho junto as artes cênicas na 13ª edição do JANTAR DOS DESTAQUES.
-Estreia em maio na cidade de CAPÂO DA CANOA o espetáculo Feriadão,  tendo no elenco os atores Simone de Dordi e Alexandre Dill nos papéis principais.
-Estreia Macbeth de WILLIAM SHAKESPEARE com Cléber Lorenzoni e Dulce Jorge nos papéis principais. Simone De Dordi destaca-se como Lady Macduff.
-Dulce Jorge é premiada como MELHOR ATRIZ no XVIº Festival de Teatro Amador do Rio Grande do Sul como Lady Macbeth. Foi a ultima apresentação de Simone De Dordi na Cia.

2003
-Em parceria com o SESC de Cruz Alta, o grupo organiza o 3º Festival de teatro de Cruz Alta.
-O Grupo apresenta Tartufo para a ONG vivendo positivo.
-Estreia Bodas de Sangue, com  Marcele Franco no papel principal. O local é o Xº FERTAI, o Máschara é homenageado por ser o único Grupo a participar de todas as edições do festival.  Dulce Jorge é premiada como MELHOR ATRIZ.
-Tartufo é apresentado em Tupanciretã e Selbach.
-RafaelAranha ingressa na Cia.
-Ariane Pedrotti substitui Marcele Franco em Bodas de Sangue.
-Feriadão percorre várias feiras de livros do estado.

2004

-Cléber Lorenzoni e Lauanda Varone montam um performance chamada A Valsa, interpretação para a poesia de Casimiro de Abreu.
-O Máschara percorre várias cidades em parceria com o SESC.
-No mês de dezembro o Máschara faz audição para montagem de um novo espetáculo contratado pela pró-reitoria de pesquisa e extensão, na ocasião entram na Cia. Gelton Quadros, Miriam Kempfer, Lilian Kempfer, e Kelem Padilha.

2005

-O Máschara é convidado a participar da posse do prefeito, com a performance Guerra e Paz. No elenco Alexandre Dill e Cléber Lorenzoni.
-Cléber Lorenzoni é convidado para desfilar na Comissão de Frente da escola de samba Imperatriz da Zona Norte. Junto ainda vão todos os membros da oficina de 2005.
-O Máschara apresenta em março no salão nobre da UNICRUZ centro, o fragmento do espetáculo O Incidente montado para homenagear o centenário de Erico Verissimo, em cena os sete mortos de Antares, Alexandre Dill, Dulce Jorge, Cléber Lorenzoni, Lauanda Varone, Rafael Aranha, Cristiano Albuquerque e Geltom Quadros.
-Em Abril o Máschara estreia em Pejuçara o espetáculo O Castelo Encantado a partir da obra infantil de Erico verissimo. No elenco Lauanda Varone como Rosa Maria.
-Durante o ano o Grupo excursiona por mais de 50 municípios do estado em parceria com a UNICRUZ, levando O Incidente e O castelo encantado à diversos palcos.
-O Máschara recebe das mãos da governadora do estado o troféu CULTURA GAÚCHA por seu trabalho com o espetáculo O Incidente.
-O Ator Ricardo Fenner ingressa no espetáculo O Incidente  substituindo Ezequiel Mattos no papel de CORONEL TIBÉRIO VACARIANO.
-Em parceria com o ABAMBAÉ, o Máschara cria em outubro o programa de espetáculos Cena às 7, com espetáculos de danças e teatro a serem apresentados uma vez por mês na Casa de cultura Justino Martins em Cruz Alta. A estreia se dá com o espetáculo Tartufo no dia 9 de outubro.

2006

-8 de Janeiro é a ultima  apresentação de Lauanda Varone, Alexandre Dill, Miriam Kempfer e Lilian Kempfer no 6º Cena as 7.
-Daiane Albuquerque volta ao Grupo Máschara depois de três anos.
-Gabriel Wink entra no grupo em Janeiro e em fevereiro já faz parte do elenco de Feriadão.
-O Máschara estreia em Maio de 2006, um de seus grandes espetáculos na cidade de Sinimbú, Esconderijos do Tempo tendo no elenco Cléber Lorenzoni e Daiane Albuquerque. O espetáculo homenageia o centenário do poeta Mario Quintana.
-Na mesma ocasião estreia Lili Inventa o Mundo com Tatiana Quadros no papel principal, e que depois será substituída por Daiane Albuquerque, Kelem Padilha, Angélica Ertel (2007), Fernanda Peres(2013).
-Daiana Albuquerque retira-se definitivamente sendo substituída primeiro por Kelem Padilha e depois por Angélica Ertel.
-O Máschara participa do festival de Salto do jacuí com o espetáculo Esconderijos do Tempo e recebe os prêmios de Melhor Ator para Cléber Lorenzoni  e ainda o de Melhor Conjunto de Atores para o elenco do espetáculo.
-Em dezembro o Máschara apresenta no 12º Cena às 7, o espetáculo Romeu e Julieta em parceria com o núcleo de danças do colégio Santissima trindade. No elenco Angélica Ertel no papel de Julieta e ainda Rafael Aranha e Tatiana Quadros como o casal Capuleto.

2007

-O Máschara participa do desfile de Carnaval com três coreografias. Casais Imperiais, Commedia Dell Arte  e Anjos prateados.
-Com grandes problemas internos o Máschara estreia em Setembro no 18º Cena às 7, o espetáculo Um Inimigo do Povo  de Herick Ibsen. Tendo no elenco Marcele Franco e  a bailarina Kauane Linassi.
-Kelem Padilha faz sua ultima apresentação no Máschara no 21º Cena às 7 no espetáculo Esconderijos do Tempo, na plateia seis pessoas.

2008

-O Máschara, participa do festival de Dom Pedrito com o espetáculo Esconderijos do Tempo e Lili Inventa o Mundo, Cléber Lorenzoni trás dois troféus de direção e dois de atuação. Angélica Ertel é premiada como atriz adulta e atriz infantil e Dulce Jorge é a melhor atriz coadjuvante do festival.
-Renato Casagrande, Alessandra Souza e Roberta Correa, alunos do Núcleo de Teatro, são convidados a ingressar no Máschara.
-O Máschara participa do Festival de Teatro de Erechim com os espetáculos Lili Inventa o Mundo e Esconderijos do Tempo. Ambos os espetáculos são premiados como MELHORES ESPETÁCULOS. Cléber Lorenzoni, Angélica Ertel, Gabriel Wink, Dulce Jorge e Tatiana Quadros são premiados.

2009

-Em uma concepção ousada Cléber Lorenzoni dirige A Maldição do Vale Negro, peça de CAIO FERNANDO ABREU, no elenco Ricardo Fenner, Cléber Lorenzoni e Gabriel Wink interpretam sete personagens. O espetáculo estreia em Maio no 29º Cena às 7.
-Em setembro o Máschara leva ao palco do instituto Annes Dias, o espetáculo Ed Mort na 32ª Edição do Cena às 7.

2010

-Em maio o Máschara participa do 11º Festival de ITAQUI com A Maldição do Vale Negro, Gabriel Wink  recebe o troféu de MELHOR ATOR.
-Em Outubro o Máschara vai ao Art invento com A Maldição do Vale Negro. Cléber Lorenzoni recebe troféu de MELHOR ATOR.
-Morre a atriz Altiva Soares - DIVA.
-Gelton Quadros despede-se do gupo Máschara em apresentação de O Incidente  em Bento Gonçalves.
-Lili Inventa o Mundo é levada ao Cena às 7 em outubro, o público lota a Casa de Cultura.

2011

-Em abril o espetáculo Esconderijos do Tempo participa 1º CINPOA, em Porto Alegre no teatro CARLOS CARVALHO, projeto organizado pelo SATED/RS. No elenco Tatiana Quadros, Dulce Jorge, Gabriel Wink, Renato Casagrande, Cléber Lorenzoni e Angélica Ertel. Na contra-regragem Ricardo Fenner e Alessandra Souza.
-O Máschara estreia em 15 de Maio, no 37º Cena às 7, o espetáculo As Balzaquianas, com Cléber Lorenzoni e Angélica Ertel, e sob direção de ambos.
-O Ator Diego Pedroso se afasta do Máschara.
-Renato Casagrande chega ao status III interpretando João Paz.
-Estreia em Agosto no 40º Cena às 7, o espetáculo Deu a louca no ator com Cléber Lorenzoni, Alessandra Souza e Renato Casagrande nos papéis principais, nos papéis coadjuvantes Gabriel Wink, Dulce Jorge e Ricardo Fenner.
-No 42º Cena às 7, o espetáculo para as crianças é Feriadão, que passa por remontagem tendo agora apenas cinco atores no elenco. Cléber Lorenzoni, Angélica Ertel, Alessandra Souza, Renato Casagrande, e Gabriel Wink.

2012

-O Máschara começa o ano apresentando o espetáculo As Balzaquianas em comemoração aos 20 anos de GRUPO TEATRAL MÁSCHARA.
-O Máschara participa do Porto Verão Alegre com o espetáculo As Balzaquianas, no teatro CARLOS CARVALHO.
-Na 46º edição, com seis anos do projeto, O Máschara passa a apresentar seus espetáculos aos sábados e domingos no Cena às 7, o primeiro espetáculo da proposta é Deu A Louca no Ator.
-O ator Renato Casagrande destaca-se como Mãe Preta em Ed Mort e passa a Status (2).
-Em parceria com a AAPA o grupo estreia em Maio de 2013 o espetáculo Os Saltimbancos no 48º Cena às 7, tendo no elenco Gabriel Wink, Cléber Lorenzoni, Renato Casagrande e Alessandra Souza.
 -Em Julho a atriz Angelica Ertel retorna a Cruz Alta para a comemoração do 50º Cena às 7, o Máschara apresenta Esconderijos do Tempo.
-Estreia em Agosto o espetáculo O Santo e a Porca com Cléber Lorenzoni e Dulce Jorge nos papéis principais durante o 51º Cena às 7.
-A Atriz Fernanda Peres, assume o papel de Mariana no espetáculo Tartufo com Status (4), com a saída de Angélica Ertel, assume também o papel de Serenita em Feriadão.
-O Máschara participa do Festival de Teatro Art in Vento na cidade de OSóRIO com o espetáculo O Santo e a Porca, Cléber Lorenzoni e Dulce Jorge  regressam premiados.
-O Grupo recebe na Câmara de Vereadores das mãos do vereador Cléberson Gardin, o Prêmio Erico Verissimo por se destacar como Grupo de Teatro da cidade, na ocasião Cléber Lorenzoni e Alessandra Souza apresentam um cena de Esconderijos do Tempo.
-O Máschara participa da 1ª Mostra de Teatro Infantil do SESC Cruz Alta com o espetáculo Os Saltimbancos.
-Depois de seis anos o ator Gabriel Wink faz sua ultima apresentação no Grupo, por ocasião do 55º Cena às 7 com O Santo e a Porca no papel de BENONA. Na ocasião o espetáculo é beneficente em prol do Banco de Alimentos.
-A Atriz Roberta Queiroz retorna ao Máschara e participa das performances de natal.
-O Máschara faz uma decoração humana no loja Becker com os atores Renato Casagrande, Alessandra Souza e Cléber Lorenzoni.

2013

-Em Janeiro a atriz Angélica Ertel vem de São Paulo para a apresentação de As Balzaquianas no 56º Cena às 7.
-Fernanda Peres assume os  papéis de Lili e Glorinha em Lili Inventa o Mundo e Esconderijos do Tempo respectivamente, subindo assim para Status (3).
-Os Atores Gabriela Oliveira, Alessandra Souza, Renato Casagrande, e Cléber Lorenzoni, participam da comissão de frente da escola Imperatriz da Zona Norte.
-No 57º Cena às 7 o Ator Evaldo Goullart passou para o Status (4).
-Em Março o Grupo cria em parceria com o SESC Cruz Alta, a Matinê do Máschara apresentando o espetáculo Feriadão no salão de eventos do SESC.
-Alguns atores do Máschara começam a participar do programa infantil Pequenos Heróis no canal 20. Cléber Lorenzoni escreve os roteiros. Renato Casagrande é o personagem central.
-O Ator Renato Casagrande passa a ser Ágatha no espetáculo A Maldição do Vale Negro.
-Com a interdição dos espaços culturais, o Máschara lança em março um movimento requerendo uma sala, rapidamente os meios de comunicação aderem ao protesto.
-A Matinê do Máschara também muda de lugar e passa a ser apresentado no Clube Internacional com o espetáculo O castelo Encantado.
-O Cena às 7 passa a acontecer no centro de Eventos Erico Verissimo de Marcos Gruhum, com a apresentação de Esconderijos do Tempo no 59º Cena às 7.
-O Ator Diego Pedroso retorna ao Máschara para a apresentação de O Incidente em TUPANCIRETÃ.
-A Atriz Roberta Queiroz mais uma vez se afasta da Cia. E Tatiana Quadros retorna para os ensaios de A Serpente.
-O Máschara participa do 1º Cena Viva na cidade Santa Rosa.
-Estreia a peça A Serpente de Nelson Rodrigues, tendo no elenco Cléber Lorenzoni, Renato Casagrande, Alessandra Souza e Tatiana Quadros.
-A atriz Roberta Queiroz, participa como iluminadora de A Seprente e sobe ao Status 3.
-O Ator Luís Fernando Lara, depois de onze anos se retira da Cia.
-No dia 1/7 o Máschara inaugura com o apoio da UNICRUZ o  Espaço Máschara de Teatro –ESMATE .
-Em Julho o Cena às 7 passa a acontecer no auditório do Instituto Annes Dias. É a 61ª Edição.
-No dia 5 de agosto iniciam as aulas da ESMATE. No mesmo dia a atriz Tatiana Quadros sobe para o STATUS II. Ricardo Fenner recebe o status A, para integrantes com dez anos de participação.
-Em 8 de agosto o Máschara apresenta o espetáculo Ed Mort no ginásio 2 da UNICRUZ.
-Na sexta-feira 9 de agosto acontece o 1º Sarau Dramático –com a leitura do texto Deu a Louca no Ator, na ESMATE.
-Dueto, A Maldição do Vale Negro e Electra são textos lidos nos Saraus de Agosto.
-Alguns atores do Máschara passam a apresentar na Rádio Independente os programas Radionovela, Estação Mística e Relações Problemáticas.
-O Ator Cléber Lorenzoni completa 20 anos de carreira, 17 no Máschara.
-Gelton Quadros e Cristiano Albuquerque voltam a participar da 75ª encenação de O Incidente em Vacaria.
-O Máschara promove o 62º Cena às 7 no Auditório da Escola Annes Dias com A Maldição do Vale negro.
-Encerra-se o curso técnico da ESMATE. (novembro)
-O Máschara participa do evento Sonho de Natal – no estádio Guarany para mais de cinco mil pessoas.
-Em 23 de dezembro o Grupo Apresenta Lili Especial de Natal no largo da prefeitura. Evaldo Goulart desce para o Status 5.

2014

-Alessandra Souza e Renato Casagrande são eleitos os melhores de 2013.
-O Cena às 7 acontece no restaurante do clube Internacional com a peça Lili Inventa o Mundo.
-O ator Fabio Novello (Valério 2001) é convidado para participar do espetáculo Esconderijos do Tempo.
-O Grupo Máschara participa pela segunda vez do Porto Verão Alegre  com Esconderijos do Tempo.
-Evandro Amorim passa a fazer parte do Máschara em Status 5.
-Alessandra Souza passa a ser a Musa/Morte em Esconderijos do Tempo.
-A atriz Roberta Corrêa volta para o Máschara.
-O Máschara participa do FESTVALE –Festival do Vale do paranhãna com a peça FERIADÃO, e traz o troféu de Melhor Iluminação para Fabio Novello.
-O Máschara apresenta no Clube Internacional a 5º Matinê do Máschara com o espetáculo Os Saltimbancos.
-Em Julho a atriz Angelica Ertel substitui Gabriel Wink em O Santo e a Porca no 64º Cena às 7.
-O Ator Cristiano Albuquerque volta a interpretar Pudim de Cachaça na UNICRUZ. Fábio Novello fará João Paz.
-Renato Casagrande substitui Fabio Novello em Gouvarinho de Esconderijos do Tempo.
-Ed Mort é apresentado no colégio Santissima Trindade e os alunos da ESMATE Gabriel Giacomini e Nicolle Ardengui participam de algumas cenas.
-Evaldo Goulart interpreta Mario Quintana jovem em Esconderijos do Tempo e volta ao Status IV.
-Renato Casagrande passa a ser animador e divulgador de empresas.
-O Máschara é convidado a criar uma performance para a Cadeira Elétrica da Unicruz.
-Alessandra Souza voluntariamente desce para o Status III.
-Ricardo Fenner lança o projeto Caravana Unicruz.
-Cléber Lorenzoni dirige o desfile de natal em Carlos Barbosa.

2015

-O Grupo Máschara completa 23 anos.
-No dia 10 de Janeiro inicia a 8ª Oficina do Máschara na ESMATE.
-Começa a montagem e adaptação da obra Olhai os Lírios do Campo de Erico Verissimo. No elenco os atores vindos da oficina: Douglas Maldaner e Manoeli Machado.
-Dulce Jorge substitui Angelica Ertel em As Balzaquianas.
-Larissa Marques, Manoeli Machado e Bárbara Santos recebem o Status V.
-O Máschara apresenta Lili Inventa o Mundo na 6ª Matinê do Máschara no Clube Internacional, a atriz Bruna Malheiros substitui Alessandra Souza em a rainha das rainhas e vai para o Status V.
-A Cia. participa do Iº Festival da Cidade dos Anjos (Santo Angelo), trazendo o troféu de Melhor Espetáculo do Juri Popular para A Maldição do vale negro. Ricardo Fenner traz sua primeira Indicação de Ator Coadjuvante.
-O Máschara estreia em Julho, Olhai os Lírios do Campo, com Cléber LorenzoniAlessandra Souza nos papéis principais para um público de 680 pessoas.
-A cia. realiza no Clube Internacional a Matinê Os Saltimbancos para um público de 400 pessoas em quatro edições.
-No mês de setembro a Matinê passa a ser apresentada no Grêmio de Subtenentes, e leva ao palco O Castelo Encantado com Gabriel Giacomini, Amanda Oliveira e Bruna Malheiros.
-Bruna Malheiros e Douglas Maldaner sobem para o Status IV.
-Gabriel Giacomini é convidado a fazer parte do Máschara com Status V.
-Esconderijos do Tempo é apresentado no altar da Igreja Luterana Cruz.
-Bruna Malheiros se afasta do Máschara.
-Estreia na Matinê do Máschara, o espetáculo Zah Zuuu, com Renato Casagrande e Cléber Lorenzoni no elenco.
-Fernanda Peres pede para se afastar da Cia.
-O Máschara leva ao palco o 65º Cena às 7 com O Santo e a Porca, como a personagem Benona, Evaldo Goulart Status III.
-Cléber Lorenzoni dirige A Parada das Estrelas de Carlos Barbosa, participam também Renato Casagrande Alessandra Souza, Fabio Novello, Evaldo Goulart e Douglas Maldaner.
-O Máschara participa do Natal Linke com desfile, anjos, papai noel e pernas de pau.

2016

-O Máschara comemora os 24 anos, na ocasião são eleitos os melhores de 2015 – Atriz Coadjuvante Dulce Jorge (Eunice Cintra/Heleninha) – Ricardo Fenner (Angelo Fontes) – Alessandra Souza (Olívia) – Renato Casagrande (Bah bah) –
-Fábio Novello ganha o destaque de melhor do ano.
-A ESMATE oferece a oficina de preparação para 2016 – com estudos sobre Teatro do oprimido, Teatro do Absurdo e Teatro Apocalíptico.
-A ESMATE inicia com doze alunos.
-Tem inicio os encontros QUINTA SHAKESPEARE para discutir a obra do bardo. A atriz Raquel Arigony é convidada a participar.
-Estreia Corpo em Ação (danças no calçadão) participam Cléber Lorenzoni, Evaldo Goualrt, Renato Casagrande, Alessandra Souza e Douglas Maldaner, com a coreografia  Thriller.
-Raquel Arigony  é convidada a participar do novo espetáculo.
-O Máschara estreia  Complexo de Elecktra 28º espetáculo do Máschara, nas dependências da ESMATE. Nos papéis principais Alessandra Souza, Cléber Lorenzoni e Evaldo Goulart.
-Evaldo Goulart chega ao status III.
-Gabriel Giacomini sai de Complexo de Elecktra, será apenas contra-regra do espetáculo.
-O Máschara segue com o Corpo em Ação, Raquel Arigony é convidada a participar.
-O Máschara participa do IIº Festival de Teatro de Santa Rosa com Olhai os Lírios do Campo, Cléber Lorenzoni, Alessandra Souza, Dulce Jorge, e Ricardo Fenner são premiados, além de Melhor Espetáculo.
-Raquel Arigony ministra oficina de Experiência Somática (Laban).
-Sobe ao palco do Instituto Annes Dias, Olhai os Lírios do Campo, Raquel Arigony interpreta Dona Alzira Fontes.
-Douglas Maldaner desce para o Status V. Fernanda Peres desce voluntariamente para o Status IV e Raquel Aigony  ascende ao status IV.
-Estreia Empresa do Futuro, (teatro empresarial) com texto de Ricardo Fenner.

-Fabio Novello ministra oficina de Técnicas Circenses. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário